23.6.09

Tipos de Temperamentos

Hipócrates (337 aC) "classificava", digamos assim, os temperamentos humanos. Ele dividiu em quatro tipos de pessoas, sendo o temperamento um estado orgânico congênito que permite o indivíduo expressar-se naturalmente. É claro que há outros fatores que influenciam na constituição das nossas personalidades, ou as pessoas não seriam tão diferentes umas das outras - mas é interessante como, dentro de uma diversidade extremamente complexa, pode-se encontrar uniformidades impressionantes. Assim somos nós, os seres humanos.
Lembrando que o "esquema" de Hipócrates não é uma coisa rígida. Muitas pessoas se identificam com mais de um tipo de temperamento, o que é normal. Ocorre que um dos quatro sempre acaba prevalecendo como algo mais forte em nós.
Nenhum temperamento é superior ao outro. Todos tem pontos positivos e negativos que devem ser trabalhados em função do nosso próprio crescimento individual. Vai de cada um, através do auto conhecimento, extrair de si mesmo aquilo que tem de melhor.

Tipos de temperamentos humanos (procure o seu!):

SANGUÍNEO (AGITADO)

Extrovertido - sabe se divertir, contagia os outros com seu espírito alegre e divertido. Fascina quando narra histórias. Espontâneo, ingênuo e cordial. Com frequência fala sem pensar. É sincero. Gosta de estar com as pessoas, detesta a solidão. É barulhento, afável e precipitado. Parece mais seguro do que ele mesmo se sente. No geral é bom vendedor, ator, anfitrião, orador, locutor, animador e político. Irreflexivo, pouco tenaz e persistente. Indisciplinado e sem força de vontade. Emocionalmente é instável, podendo chorar por qualquer pretexto; é irritado também, mas não guarda rancor, porque expressa sua fúria. Gosta de ser o centro das atenções. Veste-se bem, mas seu quarto é uma bagunça. Ou seja, mantém as aparências. É inseguro e tem a tendência a distorcer a verdade ou exagerar.

COLÉRICO (GENIOSO)

Gosta de atividade. Estimula os meios com ideias, planos, metas e ambições intermináveis. Mentalidade prática e aguda. Só dedica a atividades com objetivos claros e concretos. Capacidade de tomar decisões ou de planificar atividades úteis de forma instantânea e acertada. Não vacila diante da pressão da opinião alheia e adota posições definidas frente às questões. Frequentemente organiza cruzadas contra alguma injustiça social ou alguma situação subversiva. É estimulado pelas adversidades. Excelente determinação, nunca recua. Líder nato. Suas emoções são pouco desenvolvidas. Não sente compaixão facilmente e não demonstra nem expressa seus sentimentos. É insensível às necessidades emocionais dos demais. Pouco apreço pela música e pela arte. Busca os valores utilitários e produtivos da vida. Oportunista. Reconhece rapidamente as oportunidades. Tende a ser dominante e autoritário e usa as pessoas sem vacilar. Toda profissão que requer liderança, motivação e produtividade é adequada para o colérico, sempre que não exija demasiada atenção em questões de detalhes e planificação analítica. Raramente se torna um cirurgião, dentista, político, filósofo, inventor ou matemático. É muito otimista, raramente fracassa, exceto em sua própria casa.

MELANCÓLICO (NOSTÁLGICO)

Analítico, talentoso, perfeccionista, abnegado e com uma natureza emocional muito sensível. Desfruta muito da arte. Tende a ser introvertido. Quando está em êxtase atua de forma extrovertida. Em alguns momentos fica triste e deprimido, torna-se escorregadio e, inclusive, antagônico. Amigo fiel, mas não faz amizade com facilidade. Grande capacidade analítica. Descobre rapidamente os obstáculos e os perigos de qualquer projeto que participa. É um pessimista nato: como vê os obstáculos, fica detido. Escolhe profissões que exigem muito sacrifício pessoal. É metódico e persistente, com isso quase sempre consegue realizar grandes coisas. Às vezes sua tendência natural de se queixar do sacrifício o leva a abandonar as empreitadas no meio do caminho. Negativo, pessimista e crítico. É o mais egocêntrico e susceptível dos temperamentos. É vingativo e propenso a se sentir perseguido. Temperamental, depressivo e anti-social.

FLEUMÁTICO (INDIFERENTE)

Tranquilo e sereno. Dificilmente se agita. Experimenta mais emoções do que aparenta. Capacidade de apreciar as belas artes e as coisas boas da vida. Gosta das pessoas e tem bastante amigos. Sentido de humor natural e satírico. Capacidade de fazer rir aos demais e permanecer imperturbável. Tende a ser mais espectador e não se compromete muito com as atividades dos demais. Bom de coração e compassivo, mas raramente deixa transparecer serem verdadeiros sentimentos. Quando seu interesse é despertado, é ativo e eficiente. Quando se vê obrigado é um líder sumamente capaz. Exerce uma influência conciliadora sobre os outros e é um planejador nato. Mestre em tudo que requer uma paciência meticulosa e a presença de uma rotina diária. Excelentes aptidões artesanais: mecânico, torneiro, carpinteiro, eletricista e instrumentos de precisão. Organizado, sabe trabalhar sob pressão e é extremamente confiável. Costuma manter o mesmo trabalho toda a vida. Lento e ocioso, falta-lhe impulso e ambição. Mesquinho e avarento. É o que dá menos gorjetas. Teimoso, mas é tão diplomático que muitas vezes isso passa despercebido.

14 comentários:

  1. esses temperamentos sao estudados e levados em consideracao na aplicacao da pedagogia Waldorf, a que eu estou estudando e sobre a qual vou escrever meu tcc!! =)))

    ResponderExcluir
  2. "tem bastantes amigos"!
    nunca viste os melhores do mundo? kkk

    ResponderExcluir
  3. eu tô empatada com o sanguíneo e o melancólico, com uma pitada do fleumático. kkk
    tenho um texto sobre os temperamentos aqui, se quiseres eu mando pra ti! ^_^

    ResponderExcluir
  4. É.. algumas características, de certa forma, se repetem em mais de um temperamento, talvez por isso as pessoas se identificam com mais de um. Inevitavelmente um deles se sobressai, né...

    ResponderExcluir
  5. Não tem como te distanciares de nenhum dos quatro na tua personalidade. Eu sou uma mistura que tem predominância no temperamento colérico - tirando a parte da indiferença no que diz respeito às artes.
    Quanto ao dinheiro... não dou gorjeta porque sou pobreee!!! ahauiahauiah Sacanagem!

    ;*

    ResponderExcluir
  6. Eu sou uma mistura de Sanguíneo e Colérico.
    HAHA!
    Dificil de engolir, mas os que conseguem geralmente não vomitam.
    beijinhos, otimo texto!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto
    sou 100%sanguinea

    ResponderExcluir
  8. amo esse assunto e me sinto inteiramente sanguínea.Adorei ler tudo o que voce escreveu.

    ResponderExcluir
  9. Descobri o meu só por ler a respeito, sem precisar fazer testes. Sou do tipo Melancólico (Nostálgico).

    ResponderExcluir
  10. Fiz um teste bem elaborado num outro site, sou 53% melancólico e 27% fleumático. Não tenho quase nada de sanguíneo e colérico.

    ResponderExcluir
  11. O rastro de cada passo nos endentifica ao mundo quem somos, e por mais que no tenar do equilibrio da corda banba nos mantemos de pé, nos jogamos mais para um lado do que para o outro mi acusando que sou mais melancólico(nostálgico) do que, colerico(genóso) parabens o testo é fantastico!

    ResponderExcluir
  12. Sem dúvida todos nós temos um pouco de cada coisa, em graus diferentes, pois somos formados por uma complexa teia de sentimentos, idéias e comportamentos. Eu me identifico mais com o melancólico, mas tenho muito de saguíneo, poucos traços de fleumático e um suspiro de Colérico!rs
    Associei mto essa definição aos 4 elementos da natureza que cada um represente no zodiaco!talvez ele podem se cruzar em algum ponto!
    gostei do tópico e do blog!!
    bjãoo

    ResponderExcluir
  13. mto bom!!! costumo conversar com uma amiiga minha a respeito das nossas caracteristicas psicologicas rsrsr eh uma onda! abraço! Jéssica-Sergipe

    ResponderExcluir
  14. Sou mesmo sanguineo...Aff

    ResponderExcluir